Acir comemora o início das obras de saneamento em Ji-Paraná

    0
    Discurso do senador Acir Gurgacz realizado nesta sexta -feira 20. (PDT-RO).rrFoto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

    O início das obras de esgotamento sanitário em Ji-Paraná foi tema de discurso do senador Acir Gurgacz (PDT/RO) nesta sexta-feira 20, no Senado. Acir manifestou seu contentamento com o início das obras e disse que esse é um fato histórico e que terá um grande impacto na qualidade de vida e na saúde da população, no meio ambiente e na economia da cidade e de nosso Estado.

    “Este é um sonho que alimento há vinte anos. O início dos trabalhos em Ji-Paraná é fruto de um projeto coletivo, de um sonho que é o sonho de cada cidadão de nossa cidade. O sonho de ter água tratada, esgoto coletado e tratado e mais saúde para nossas crianças, para toda nossa gente e para as gerações futuras”, – pontuou Gurgacz.

    A assinatura da ordem de serviço para início das obras será feita hoje entre o governador Marcos Rocha e o prefeito Marcito Pinto, junto com outras autoridades. A solenidade ocorrerá no principal canteiro de obras desse projeto, que já está instalado na Avenida 6 de Maio, no Centro de Ji-Paraná.

    “É com alegria e emoção que faço este pronunciamento aqui da tribuna do Senado Federal, mas confesso que meu desejo era estar com os meus conterrâneos e amigos de Ji-Paraná, para juntos celebrarmos esse dia histórico para nossa cidade, essa grande conquista para nosso Estado, para nosso povo”, – destacou Gurgacz.

    As obras em Ji-Paraná terão investimento de R$ 187 milhões de reais na construção de várias Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs), rede coletora com 472 quilômetros e mais de 36 mil ligações domiciliares para atender 80% da população do perímetro urbano do município. De acordo com o senador, obras dessa magnitude tem a força para transformar uma cidade e mudar paradigmas, tanto na vida social como econômica de Rondônia. 

    “A obra de esgotamento sanitário, como a que estamos iniciando em Ji-Paraná, tem a força de transformar a cidade e mudar alguns paradigmas da vida política, social e econômica de Rondônia e de nosso Brasil”, – salientou Acir que ainda lembrou que para cada real investido em saneamento, economiza-se pelo menos R$ 4 reais no atendimento às pessoas acometidas com doenças pela falta de saneamento.

    “Acredito que investir em saneamento é uma medida preventiva na saúde da população e uma ferramenta de grande eficácia na gestão dos gastos governamentais. Epidemias como a dengue, cólera, disenteria, esquistossomose, leptospirose, dentre muitas outras enfermidades poderiam ser facilmente evitadas com a conclusão das obras de esgotamento sanitário em Ji-Paraná”, ponderou Acir.

    Cacoal e Vilhena – O senador disse ainda que continuará trabalhando para que a melhoria do sistema de esgoto nas cidades de Rondônia, como já sendo feito com Cacoal, onde foram destinados recursos para o esgotamento sanitário do distrito de Riozinho, e para a área urbana da cidade, que por sinal é a que tem o melhor índice de esgotamento sanitário de Rondônia, com quase 60% da população atendida com sistema de coleta e tratamento.

    Acir alertou para a possibilidade da perda de recursos já garantidos, como está acontecendo com o projeto de saneamento básico em Vilhena, onde já foram empenhados R$ 50 milhões de um total de R$ 110 milhões, pela falta de continuidade na elaboração de um projeto. Atualmente, o projeto encontra-se parado na Companhia de Água e Esgoto de Rondônia – CAERD.

    EXPOJIPA – O senador aproveitou a oportunidade para registrar a semana da Feira de Exposição de Ji-Paraná, que se encontra em sua 40º edição, e que teve início com a cavalgada no último domingo, dia 15, e se estenderá até o dia 22 de setembro.

    A EXPOJIPA é a maior feira e festa agropecuária do Norte do Brasil e deve reunir mais de 50 mil pessoas em torno das rodadas de negócios, eventos técnicos, leilões e shows musicais.