Notícias
06
NOV
  Acir Gurgacz cobra fiscalização sobre preço do leite

O senador Acir Gurgacz (PDT) cobrou nesta segunda-feira, 06, no plenário do Senado, maior fiscalização do governo e órgãos de controle sobre o preço do leite praticado em Rondônia. O parlamentar relatou dificuldades dos produtores rondonienses em relação ao valor cobrado pelo leite. Ressaltou ser difícil explicar que, enquanto os consumidores pagam entre R$ 3 a R$ 5 no litro de leite, o preço para o produtor não passa de R$ 0,70.

Além das questões do mercado internacional, quando o aumento das importações de leite do Uruguai e da Argentina tem prejudicado a pecuária leiteira do Brasil, o senador também aponta um desequilíbrio na relação comercial entre o produtor e a indústria nacional. “O indústria está impondo um preço baixo para os produtores e cobrando um preço alto do consumidor”, avalia Acir.

O preço médio do leite no eixo da BR-429, principal bacia leiteira de Rondônia, que já foi de R$ 1,00, caiu para R$ 0,65. O valor pago pelos laticínios do Estado varia de R$ 0,60 a 0,80 centavos. No Paraná, o preço pago pelo litro deleite aos produtores varia de R$ 0,85 a R$ 1,25.

Por considerar que essa variação de preços não pode depender apenas do mercado, onde prevalece a força dos laticínios, o senador Acir Gurgacz disse que realizou, entre 2011 e 2012, diversas audiências públicas no âmbito do Senado e dos municípios das bacias leiteiras de Rondônia. “Conseguimos aprovar uma nova lei para regular o preço do leite, da qual fui relator no Senado, estabelecendo a obrigatoriedade das indústrias informarem até o dia 25 de cada mês o preço a ser pago aos produtores”, recorda Acir.

Para o senador, lei não está sendo cumprida porque não há fiscalização dos órgãos de controle. “Passado o período de impacto da aprovação desta lei, em 2013, e das audiências que realizamos para discutir o assunto e fortalecer a união dos produtores, novamente os laticínios estão impondo os preços a seus critérios, sem negociar com o Conseleite e sem informar a cada mês, de forma antecipada, o preço a ser pago, sendo que é necessário maior fiscalização do setor”, cobra Gurgacz.

« VOLTAR

 
 
 
 
mais noticias
18
JUN
  Acir entrega novo trator agrícola para Presidente Médici
12
JUN
  Senado aprova modernização das redes elétricas
11
JUN
  Acir empenha mais de R$ 1 milhão e 200 mil para a saúde
06
JUN
  Acir aprova relatório para venda de publicidade em rádios comunitárias
06
JUN
  Gurgacz quer transparência na definição da política de preços dos combustíveis
04
JUN
  Gurgacz cobra mudanças na política de preços da Petrobras
29
MAI
  Acir Gurgacz critica política de preços dos combustíveis
22
MAI
  Acir apoia caminhoneiros e cobra redução do preço dos combustíveis
22
MAI
  Acir libera recursos para hospital e centro esportivo
11
MAI
  Acir atende demanda de cafeicultores para redução de ICMS