Notícias
19
SET
  Comissão de Infraestrutura deverá ouvir DNIT sobre investimentos em rodovias

A Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI) do Senado deverá votar na próxima semana requerimento para que o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre (DNIT), Valter Casimiro Silveira, compareça ao colegiado para prestar esclarecimentos sobre as reais perspectivas dos investimentos a cargo do órgão. A decisão decorreu de acordo firmado após seguidos relatos sobre as condições ruins de rodovias federais em diversos estados, sem previsão de licitações ou contratação de serviços de recuperação.

A Sessão Deliberativa da CI, nesta terça-feira (19), foi adiada por falta de quórum, mas o tempo foi aproveitado pelos senadores para debater os problemas na área da infraestrutura, com investimentos parados devido ao contingenciamento de recursos. Quem primeiro falou foi o vice-presidente da CI, senador Acir Gurgacz (PDT-RO), que dirigiu os trabalhos. Ele citou o caso da rodovia BR-364, que estaria intransitável em diversos trechos, sem que o DNIT coloque em marcha serviços de manutenção nem avance com o processo de concessão da rodovia.

"Não se sabe inclusive se haverá interessados nesse momento em que empresas estão entregando de volta suas concessões", ressaltou Gurgacz, manifestando ainda preocupação como a “burocracia” em torno dos processos de concessões.

Logo em seguida, o senador Jorge Viana criticou os critérios adotados pelo governo para ajustar o orçamento, com sacrifício de áreas que, na sua visão, precisariam ser preservadas. Segundo ele, estão sendo investidos esse ano R$ 130 milhões nas rodovias, quando seriam necessários mais de R$ 1 bilhão. Foi dele a sugestão para que o diretor-geral do DNIT compareça a audiência pública sobre as dificuldades em relação aos investimentos em rodovias.

A proposta de Viana foi referendada por diversos senadores e ficou de ser votada na próxima semana. Wellington Fagundes (PR-MT) sugeriu que seja também convidado representante do Ministério do Planejamento, alegando que as diretrizes para o contingenciamento de gastos são definidas por essa pasta.

MP 800

Wellington aproveitou para registrar que o governo publicou, nesta terça-feira, a Medida Provisória (MP) 800/2017, com a finalidade de reprogramar investimentos em concessões rodoviárias federais. Havendo interesse da concessionária em aderir à reprogramação, com definição de novos prazos para o desenvolvimento dos projetos, será firmado aditivo contratual para disciplinar a dispensa das aplicações a vencer e das multas correspondentes.

« VOLTAR

 
 
 
 
mais noticias
08
DEZ
  Ji-Paraná terá curso de Medicina
07
DEZ
  Projeto de Acir que impede suspensão de obras públicas é aprovado
07
DEZ
  Projeto do senador Assis Gurgacz inclui assistência técnica no crédito rural
07
DEZ
  Plenário examinará projeto sobre calúnia contra candidato a cargo político
06
DEZ
  Acir Gurgacz saúda emenda constitucional que beneficia servidores de ex-territórios
05
DEZ
  Avança projeto que aperfeiçoa aproveitamento de potenciais energéticos
30
NOV
  Acir defende realização de balanço anual do presidente da República sobre educação
29
NOV
  Acir Gurgacz defende escola pública em tempo integral
28
NOV
  Comissão vai verificar obras de manutenção e estado da BR-319
22
NOV
  Acir destaca aniversário do município de Ji-Paraná