Notícias
22
JUN
  Acir Gurgacz cobra mais ação do Congresso e defende antecipação das eleições de 2018

O senador Acir Gurgacz (PDT-RO) cobrou no plenário do Senado mais ação do Congresso Nacional na busca de soluções para tirar o Brasil da crise política e econômica que atravessa. O senador disse que está cansado de ver os políticos apenas brigando, defendendo os interesses partidários, numa batalha entre governistas e oposição, que só tem prejudicado o país desde as eleições de 2014.

“Tiramos uma presidente por conta dessa briga que deixou o país ingovernável, dividiu o Congresso e a população, e desde então estamos paralisados, produzindo pouca coisa que realmente é de interesse da Nação brasileira e dos brasileiros”, disse Gurgacz. “Agora, os que antes eram a favor das reformas que o país precisa são contra as reformas e ficamos parados, apenas assistindo esse cabo-de-guerra”, ressaltou Acir.

O senador também disse que o país não pode ser governado por políticos corruptos que dão ordens de dentro dos presídios ou penitenciárias e defendeu mais rapidez nas investigações e condenações dos políticos acusados de corrupção. “Os corruptos, aqueles que já foram condenados ou que forem condenados pela Justiça, precisam ser presos e afastados da vida pública”, reforçou Gurgacz.

Para o senador rondoniense, a melhor solução para a crise é por vias democráticas e defendeu a antecipação das eleições de 2018, para dar à sociedade o poder de decidir o que ela quer para o país. “É verdade que precisamos mudar a Constituição para que isso ocorra, mas quando o Congresso quer ele faz, e podemos fazer essas mudanças em benefício do país e da democracia”, frisou Gurgacz.

Na opinião do senador, só assim será possível superar as crises política e econômica que assolam o país há três anos, desde que os derrotados das eleições de 2014 não aceitaram o resultado das urnas e fizeram de tudo para mudá-lo.
Segundo Gurgacz, por causa desse impasse, quem mais sofre é a população, com a perda de direitos, vê o aumento do desemprego, a queda da renda e a deterioração de serviços como saúde, educação e segurança.

“Se nós estamos indignados com tantas notícias sobre corrupção, imagine aquele cidadão, aquele brasileiro que perdeu o emprego, que não tem mais o seguro-desemprego que já venceu, e não consegue levar comida para sua casa, qual o sentimento dessa pessoa quando liga a televisão e ouve "é cinco milhões, são dois milhões, são compensações de dinheiro que foi levado através de acordo...". Essas pessoas ficam indignadas!”, ressaltou Gurgacz.

« VOLTAR

 
 
 
 
mais noticias
01
FEV
  Projeto que cria a Política Nacional dos Corpos de Bombeiros Militares será votado na Comissão de Constituição e Justiça
10
JAN
  Acir leva diligência para avaliar obras no BR-319 no período de chuvas
28
DEZ
  Acir Gurgacz se mantém entre os ‘cabeças’ do Congresso Nacional
14
DEZ
  Senado aprova renegociação dos débitos de produtores rurais
08
DEZ
  Ji-Paraná terá curso de Medicina
07
DEZ
  Projeto de Acir que impede suspensão de obras públicas é aprovado
07
DEZ
  Projeto do senador Assis Gurgacz inclui assistência técnica no crédito rural
07
DEZ
  Plenário examinará projeto sobre calúnia contra candidato a cargo político
06
DEZ
  Acir Gurgacz saúda emenda constitucional que beneficia servidores de ex-territórios
05
DEZ
  Avança projeto que aperfeiçoa aproveitamento de potenciais energéticos